Carta a alguém que me amou.

Autora: Gláucia Figueredo.

   
  Você disse que estava a gostar de mim, e ao mesmo tempo uma amiga falou que estava a gostar de você.
     Eu fiquei sem rumo do que iria fazer. Não sabia se aceitava os teus beijos ou ajudava a alguém que quer muito te beijar. 
   Isso tudo mexeu comigo, mexeu muito com o meu coração. 
        Comecei a gostar de você e não podia revelar minha paixão. Teria que escolher entre a amizade e os teus beijos de amor. Mas, eu pouco pude ver você e não soube revelar este sentimento. Assim a amizade foi mais forte e fez a escolha por mim. 
Te deixarei com saudades e peço desculpas se errei.
E tudo acabou assim.