Por que?


Autora: Gláucia Figueredo.


   Por que amar,
se não somos amados?

   Por que querer,
se não somos queridos?
  
   Por que acariciar,
se não somos acariciados?
  
   Por que beijar,
se não somos beijados?

   Por que abraçar,
se não somos abraçados?

   Por que olhar os outros,
se eles não nos olham?

   Por que ajudar,
se não recebemos ajuda?

   Por que escrever cartas,
se cartas não recebemos?


Pouco eu posso explicar,
então respondo-lhe.
Faça aos outros o que você quer que façam a você.
Pois é dando que se recebe.